quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Top 5 para mudar a fralda - Actualizada!



Não, não tenho um novo top ideal! O que tinha, mantém-se! Mas tenho mais coisas para dizer sobre os mesmo produtos!

Para quem quiser ler o post anterior podem no ler AQUI!

1



Ora então voltemos a falar das toalhitas Waterwipes!

Continuam a ser as nossas toalhitas favoritas e com as quais o Lucas se dá melhor! 
Já experimentamos outras marcas, mais baratas e ás quais o Lucas reagiu bem, mas o nível de exigência por parte dos pais (nós!) é que já é grande, e lá voltamos sempre a mesma marca!

Mas senhores fabricante das toalhitas, vejam lá se podem fazer uma embalagem mais moderninha! Pois o fecho, ali para as últimas toalhitas, já não cola-lá-essas-coisas! Chegando a esse ponto e dentro da mochila das fraldas, acaba por molhar o que esta em volta!

Sabem, aquela tampa tipo caixinha, era isso! Fica a dica :)

No entanto arranjei uma solução para o problema da embalagem, que passa por colocar as toalhitas naquelas caixas próprias para as transportar! E pronto! Assunto resolvido! 

Comprei a minha no site da BEBITUS.


Mas ainda tenho esperança que algum fabricante veja este post e se lembre de mim na próxima vez que façam uma reestruturação a embalagem!



2




As nossas queridas fraldas! Libero do nosso coração! Vocês também continuam fortes na caminhada do número 1 e 2 ( xixi e cocpiii respetivamente) sem nos dececionar!

Mas estes dias experimentamos as Libero Up & Go e não queremos outra coisa! Maravilhosas!

São as fraldas pans ou cueca no bom português e facilitam assim imenso a troca de fralda, nesta fase, que nos querem fugir em pelota e fazemos malabarismo na hora de colar as fralda normais!

Ficam super bem no corpito do Lucas, são tão boas como as normais, no que se refere a duração da fralda, ao deixar a pele no rabinho seca e no que diz respeito ao cheiro do número 1, que fica mais discreto, do que outras marcas!

Além de serem mais fáceis de colocar, também já são um pequeno passo para o desfralde, pois eles começam a perceber e a puxar sozinhos a fralda na hora de tirar. 

Mas não se preocupem porque elas rasgam-se de lado e saem como uma fralda normal e ainda possuem um tira na parte de trás, que se puxa para colar a fralda e manter tudo bem guardadinho para deitar fora! 

Quanto ao resto que falei lá no último post, está tudo a rolar 5 estrelas! Nós agradecemos e o rabo do Lucas também! 

Assim fica o Top 5 de um bebé com quase 1 ano e meio!







sexta-feira, 24 de agosto de 2018

9 Formas de usar uma fralda Musselina!


Ora, já la vão uns meses desde o último post e para dizer a verdade, já tinha saudades de vir cá, dar o meu ar de graça! 


Espero que tenham tido saudadinhas minhas! :)



O último post ainda foi no Inverno, mas felizmente encontramos-nos na melhor estação do ano! Viva o Verão! E foi precisamente por isso, que me lembrei de passar por cá! 

Nesta última quarta-feira, estava um dia menos bom na praia, estava nevoeiro, caía aquela "orvalheira" , no entanto fomos a praia fazer companhia a uma amiga nossa!

Foi então que surgiu a foto que originou este post! Podem acompanhar o meu instagram AQUI.

Como estava frio e não tinha casaco, utilizei a fralda do Lucas para me aconchegar. Foi então que uma amiga comentou, que a fralda tem imensas utilidades! E tem mesmo!





As fraldas que estão na moda agora, também chamadas como Musselinas, são fraldas com 120x120m e têm imensas utilidades!

Para quem esta a tratar do enxoval do bebé ou precisa de oferecer um presente a uma recém-mamá...É sem dúvida uma boa opção!

Ora aqui vão 9 formas diferentes de usar uma musselina:

Servem para:

  • Fralda, para limpar bolsado ou colocar no ombro para fazer o bebé arrotar;

  • Para fazer o swadle, técnica utilizada para acalmar o bebé e que fez estas fraldas ficar mais conhecidas;

  • Colocar no chão e deitar o bebé para brincar, na fase de aprendizagem do rolar, como é bem grande, o bebé fica protegido;

  • Utilizar como lençol de cama;

  • Cobertor no Verão. No Inverno tem o tamanho ideal para colocar de baixo de um cobertor mais grosso, deixando o bebé mais aconchegado e ajuda a manter o calor;

  • Toalha de praia; 

  • Toalha para tomar banho em casa, pois é mais macia que uma toalha normal e absorve bem a água;

  • Fazer sombra ao bebé no carrinho, no entanto atenção ao sobreaquecimento;

  • Tapar a maminha para as mães que não se sentem tão a vontade em amamentar em público;

Existem bastantes marcas que possuem este tipo de fralda xxl à venda, no entanto, a minha marca preferida é a Aden+Anais. Elas são 100% algodão, finas e respiráveis e o que gosto mais, é que possuem uma textura super suave! Que se mantém com as lavagens! 

Além da textura, possuem padrões super giros e originais! Apetece ter uma de cada aqui em casa!

Para comprar, encontro numa loja em Braga chamada Mimo - Natura, ou então nos sites Bebitus ou Melancia for Babies and Kids

Tanto um site como o outro, são sites onde já fiz encomendas e correram muito bem!


Se souberam mais formas diferentes de utilizar, deixem nos comentários para ajudar a malta! :)






















quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Dicas para as futuras mamás!






Desde já digo, que quando estava grávida detestava que que me viessem dar conselhos! É engraçado como há sempre alguém que acha que sabe tudo e que nós não sabemos nada! 

Grávida deixa de ser uma pessoa única e passa a ser do mundo! Toda a gente aconselha sem perguntar nada, toda a gente toca sem pedir! Mesmo pessoas que a gente não conhece! :)

A minha cunhada esteve grávida recentemente, tenho uma amiga grávida e então sei que inevitavelmente também já dei a minha opinião não solicitada! 

Então vou deixar aqui no blog resumido as minhas dicas para grávidas por ai! Assim vou tentar não cair no erro de massacrar as grávidas a minha volta! :)

Assim sendo, toma nota!


1


Não se deixem levar pela preguiça, não deixem para o dia seguinte ou para quando a barriga estiver maior...passem muito creme na barriga, peito, rabo e pernas! As peles reagem de forma diferente claro e há pessoas que mesmo com cremes ganham estrias. Mas mais vale colocar e ver no que dá certo?


2


Comprem coisas apenas para os primeiros dois, três meses do bebe! Existem listas com coisas que nunca mais acabem, com todo um kit de tudo e mais alguma coisa! Calma! Tal como já escrevi num post AQUI, as lojas continuam abertas depois do bebé nascer! 
Biberões, bomba de tirar leite, tipos de chupeta, roupas maiores...calma! Não sabem se vão precisar, quando o bebé chegar e precisarem de alguma coisa, vão lá e compram ou mandam comprar! ;)

3


Roupas de grávida! Sim! Se poderem comprar, acho importante! Contra mim falo, sempre disse que não ia comprar grande coisa e depois acabei por comprar e ainda bem! Devia ter comprado mais! No inicio, damos um jeito na coisa com peças de roupa nossas, mas depois acabam por apertar, ficar curto! Claro que existe aquelas mamás que conseguem vestir as suas roupas até ao fim, mas comigo não foi nada assim! O nosso corpo muda tanto,  por isso, precisamos de roupa para nos fazer sentir confortáveis e bem!

4


O quarto da criança! Tenho ideia que toda a gente deixa o quarto do bebé impecável antes dele nascer! Toda uma decoração de bebé, paredes decoradas, quadros fofinhos...Mas não percam a cabeça com isso! Afinal, o bebé não vai para o quarto logo que nasce e ele não vai dar importância se tem um tapete fofinho para ele gatinhar quando tiver 7/8 meses. O quarto é para os adultos ver, por isso, também essa tarefa por ser feita depois do bebé nascer e de acordo com as vossas necessidades e as do bebé!

5


Ter medo! Sim! Ninguém nos diz, mas é perfeitamente normal ter medo! Isso não significa que não estávamos a gostar, que não desejamos o momento pelo qual estamos a passar, mas ter medo é normal! Muita coisa muda na gravidez e muito mais muda depois do parto! O que eu acho muito importante é informação. Foi o que me ajudou a mim! Principalmente sobre o parto! Tentei perceber tudo o que podia acontecer, entender as várias fazes tanto da gravidez como do parto! Isso fez com que me sentisse preparada! Não criem expectativas mas preparem-se! Falei um pouco sobre o plano de parto AQUI.

6


Abasteçam-se de comida! Os primeiros dias com o bebé em casa são meios corridos, com poucas horas de descanso e muitas novidades! Vão ver que pouco tempo e vontade resta para cozinhados! Aqueles dias próximos ao fim da gravidez, cozinhem umas comidinhas extra, deixem congeladas e a dispensa abastecida! Vai dar jeito!

7


Pai!! Super mega importante tirar uns dias para acompanhar a mãe em casa! O puerpério é mesmo como dizem! É real e as mães precisam de vocês lá!
Vou dedicar um post mais para a frente só sobre este tema!

8


Aceitem ajuda! Da mãe, da prima ou daquela vossa amiga! Vai ser bem-vinda! Seja para cozinhar, como referi em cima, para dar uma ajuda na casa e roupa! Seja para ficar simplesmente a olhar para o bebé e vocês dormir descansadas umas horas! 

9


Se decidirem não ter visitas durante os primeiros 15 dias, ou o tempo que precisam..Tudo ok!
O importante é vocês conseguirem criar as vossas rotinas dentro do novo mundo bebé! As pessoas vão entender, se não entender, paciência! Se forem daqueles que querem visitas no primeiro dia, boa e aproveitem para ver gente! :)

10


Toda a gente da dicas mas nós aprendemos ali na hora quando o bebé esta nos nossos braços! Fazemos o melhor que sabemos e o que a nossa intuição manda! Assim sendo, nada mais nos é pedido! O nosso melhor pelos nossos bebés! Aprendemos ali na experiência do dia a dia! Tudo vai ficar bem! ;)







quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Intercomunicador/baby control...necessário ou não?



Este domingo publiquei uma foto no meu Instagram com o visor do nosso intercomunicador e lembrei que seriam boa ideia para um post  aqui no blog!

Assim sendo, esta semana vamos falar de intercomunicador, baby control ou como dizem os brasileiros, babá eletrónica!

Quando estava grávida sempre referi que queria adquirir um para o nosso filhote! Mas acabei por nunca comprar! Havia uma certa pessoa lá em casa que dizia que não era preciso!

O que é certo, é que antes de ter, não sentia assim grande falta! A gente arranjava sempre uma solução de vigiar a criança!

No entanto, tinha um vale de uma loja para gastar...

Obrigado as minhas alunas que o ofereceram :)


E quando lá fui para ver o que havia, vi o intercomunicador e achei que era o investimento ideal! E assim foi!

Desde que o tenho, é uma ajuda imensa! É super prático e deixa-me muito mais descansada!

Quando o Lucas adormece, fechamos a porta do quarto, a porta do corredor dos quartos e assim podemos fazer a nossa vida em modo normal! Cozinhar, tomar banho, ver tv e conversar! Antes do intercomunicador , andávamos em ponta dos pés, quase que não ouvimos a televisão e desenvolvemos um ouvido super-sónico...Sssshhheee! Aí não é ele!

Tomar banho quando estou sozinha com ele a dormir? É outra vida! 

Na vida antes do intercomunicador, volta e meia fechava a água para ver se já tinha acordado! Agora, simplesmente tenho o visor ali junto a mim e tomo banho sossegada! E banho sossegado depois de ser mãe, é vida! Hahaha!

Jantar com amigos lá em casa, ou em casa de alguém...ok! Lucas dorme num compartimento da casa e a gente controla pelo visor sem termos que obrigar toda a gente a falar em sussurro! Sim porque na hora de dormir ele precisa de silencio! 

Sem dúvida que é uma grande ajuda! Imagino que, quando o Lucas for dormir para o quarto dele, eu também fique mais tranquila. Se ficar aflita olho para o visor e vejo que esta tudo bem!

Claro que dá para fazer tudo isto sem intercomunicador , também o fiz por algum tempo, mas que ajuda, ajuda! 

Se é um investimento, sim é! Mas existe variadíssimas marcas e tipos de intercomunicador.

Existem aqueles com câmera e um visor para os pais, uns que apenas tem câmera e depois se controla através de uma aplicação no telemóvel! Uns todos quitados e outros mais básicos! É só escolher! Eu não pesquisei muito sobre o assunto, pois a loja apenas tinha a que comprei!

No nosso caso, é da marca SARO e chama-se Sweet baby control! Possui a câmera e o visor dos pais e já tem umas funcionalidades engraçadas! Permite ter noção da temperatura do quarto, permite falar para o bebé, colocar música, possui visão noturna e ainda possui uma função que faz com que o visor se desligue poupando bateria e só liga quando deteta um movimento ou barulho do bebé! 




Espero ter ajudado para quem andava aí a pensar no que fazer!


Imagem Google.






quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Coisas depois de ser mãe #3

É engraçado como só reparamos nas coisas consoante a situação que vivemos, como o nosso subconsciente foca em coisas diferentes.

Tentem não reparar na cor azul a vossa volta? Viram! :)

Até agora andava pelas ruas, sem dar muita atenção a nada! Sempre fui assim meia distraída!

Desde que o Lucas nasceu que ando muito mais a pé. Vou a pé ao centro dar uma volta, ao supermercado e a farmácia. Vamos apanhar um ar para o bebe também se distrair.

Desde então, reparo nos passeios às vezes tão estreitos que se tornam ridículos, na falta de rampas, ou passeios que são verdadeiros montanhas Evereste para se subir com o carrinho.

Reparo nos carros estacionados em cima do passeio, que nos obrigam a ir para a estrada para podermos passar! Acho uma falta de respeito pelos peões e principalmente pelas pessoas cadeirantes, que teriam a mesma dificuldade que eu em passar. Não digo para não estacionar, mas deixem la um espaço para podermos passar!



E aquelas pessoas que são incapazes de se desviar de um carrinho no passeio! Oh santa!

Outra coisa que acho fantástico são as árvores, postes de eletricidade e sinais de trânsito que são  colocados mesmo ali ao centro do passeio, que por sua vez também nos obrigam a passar para a estrada.



Vamos falar daqueles parques de estacionamento ou garagens que são tão estreitos, talvez pensados apenas para carros tipo Smart , que impossibilitam abrir as portas para podermos tirar a babycoque ou o bebé da cadeira auto.

Mas calma, existem os lugares de Mamá/grávida que são bastante mais largos, mas engraçado, muitas mas muitas vezes ocupados por aqueles chicos-espertos que precisam de ficar próximos dos elevadores e entradas dos supermercados! Que estão com demasiada preguiça de procurar um lugar de estacionamento dito normal.

Há! E os elevadores em shopping?? São aquele pesadelo!
Para quem não tem filhos ou experiência na área, passo a explicar que não se poder circular em escadas rolantes com os carrinhos. Assim ficamos dependestes dos elevadores para podermos circular no shopping. Mas nem por ter a sinalização de prioridade na maioria dos elevadores, as pessoas não respeitam e querem lá saber...preciso é de subir rápido para o nível dois e andar até ali as escadas rolantes desloca a minha anca!
Sempre que possível uso o marsúpio pois é muito mais pratico!

Mas isto de respeito e prioridade dava para estar aqui a falar até 2019! 





domingo, 7 de janeiro de 2018

Critérios na compra do carrinho de bebé!



Para começar o ano nada como falar na compra do carrinho!

Cá em casa a compra do carrinho foi quase tão difícil como a compra de um carro! 


Hoje em dia existe tanta variedade, estilos, tamanhos e preços! Existem carrinhos que possuem diamantes escondidos, não tenho dúvidas!

Claro que a compra depende sempre do gosto pessoal, da carteira de cada um e daquilo que consideram importante para o vosso carrinho! Se pretendem um carrinho para "desenrascar" ou que seja firme para aguentar para um segundo filho. Se pretendem usar o mesmo carrinho até a criança ter 3 anos, ou se compram algo mais barato e depois mudam para um carrinho guarda-chuva!

Assim sendo, deixo aqui uma lista com os meus critérios na hora da compra!

  • Orçamento

Muito importante estabelecer um valor máximo e ver carrinhos que se adequa ao vosso valor. Não vale de nada ver um Ferrari, se na verdade vamos comprar um Citroen certo?

  • Tamanho 

Muito importante também, é perceber se o carrinho cabe na bagageira do nosso carro e se ocupa o espaço todo, ou se resta espaço ainda para umas compras ou outro tipo de coisas que necessitam de transportar junto do carrinho!
O tamanho também é importante se pensarem na logística de entrar e sair de espaços, ou estar em cafés, lojas ou outros e que seja grande de mais!

  • Tipo de rodas

Necessitamos de rodas estáveis e capazes de andar pela calçada portuguesa. Se vão andar só em shopping não é muito importante, mas se realmente vão dar muito uso ao carrinho e andar com ele de um lado para outro, são necessárias boas rodas, com enchimento para ajudar  a amortecer o solavanco do paralelo! Quanto maiores são, mais todo-terreno são, mas muito grandes, também vão ocupar demasiado espaço tanto aberto como fechado.

  • Espaçoso

Tanto a babycoque como o carrinho de passeio devem ter um bom tamanho. Principalmente o carrinho de passeio! Pois é suposto o carrinho chegar aos 3 anos de idade, e se o espaço de sentar for muito pequeno, a criança não fica bem instalada nem consegue dar uso o tempo todo. Isto se não tencionarem passar para um carrinho guarda-chuva, claro!



  • Cesto de compras

O cesto de compras é aquele acessório que fica na parte de baixo do carrinho e que faz assim imenso jeito. Hoje em dia vê-se imensos carrinhos com um mini mini cesto que nem para um boneco da criança dá! Andamos com tanta tralha atrás, que um cesto grande é para mim dos tópicos mais importantes. 
Sei bem que se pode pendurar a bolsa do bebé no carrinho, mas não uso o cesto só para isso. Coloco lá as compras, a bolsa da amiga, casacos, cobertor extra, água..basicamente tudo lá para dentro!

  • Capa de proteção do sol

A minha preocupação com a capa, era que fosse bem longa de forma a tapar tudo ou quase tudo do bebé! Se tiverem uma capa assim, evitam utilizar as "benditas-fraldas" que falei AQUI e que só fazem mal! Mas não só no Verão são importantes, pois no Inverno, quando o vento vem de frente, o bebé fica muito mais protegido!

  • O pousa-pés

O pousa-pés é aquela parte do carrinho onde o bebé como o nome indica, pousa os pés! Yeii! LOL
Mas é importante pois nem todos os carrinhos, possuem esta parte móvel e que se adapte ao crescimento. O que faz com que, quando são pequenos e não é adaptável, que os pés fiquem suspensos tanto sentados como na posição de dormir. 

  • Reclinar o acento

No carrinho de passeio, à partida, todos os acentos reclinam para trás! O que eu queria, era que tivesse várias posições ou melhor ainda, que é o que acontece no nosso caso, uma alavanca que permite reclinar tanto quanto eu acho necessário até a posição de deitado! O que ajuda imenso e é muito mais confortável para o bebé!



O nosso carrinho eleito foi o Recaro Citylife (podem ver mais sobre o carro AQUI), e cumpre completamente todos os aspetos que pretendia! Tanto que tivemos que o enviar para a garantia, e foi nos emprestado um carrinho de outra marca pela loja, de valor bem bem mais caro que o nosso, e não gostamos nada da experiência!
Se quiserem, até posso fazer um post sobre o meu carrinho!

Espero ter ajudado! :)
Imagem in Google.





quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Enxoval do bebé...vai com calma!








Quero começar por dizer a todas as futuras mamás que as lojas continuam abertas depois do bebé nascer!


Sim é verdade! Penso que quase todas as grávidas passem por uma fase, em que acham que tudo se tem que comprar antes do bebé nascer! Mas acreditem em mim...há tempo!

Temos tendência para deixar tudo preparado para a vinda do rebento, sim é importante, mas das coisas que realmente fazem falta. 

Quando pensamos num enxoval incluam nele coisas com "prazo de validade" curto. Para o inicio de vida do bebé. Pois quando estamos grávidas, as nossas hormonas ficam um pouco descontroladas e perdemos um pouco o controlo e o discernimento daquilo que realmente precisamos! Ficamos fascinadas com o mundo bebé!

Lembro perfeitamente, quando eu passei por essa fase, que já andava a ver coisas para a fase de introdução alimentar do bebé. Desde pratos, talheres, babetes próprias e cadeiras! Queria imenso comprar uma cadeira caríssima, que passava por 3 fases de crescimento e que não ia ser mais que um "trambolho" aqui em casa. A cadeira de alimentação do IKEA, muito mais barata, faz a sua função igual! 

Ainda estes dias em conversa com uma amiga de trabalho, grávida de 20 e poucas semanas, me estava a contar que tinha comprado uma cadeira de alimentação semelhante a que referi acima. Sugeri que não comprasse mais nada desse tipo de coisas antes do bebé nascer.

Comprem o essencial:
  • Roupas, fraldas de pano, fraldas, toalhetes/compressas, mantinhas;
  • Cama;
  • Carrinho e/ou baby wearing;
  • Cadeira auto ou babycoque;
Basicamente é isso!

Pensem duas vezes antes de comprar as coisas! Há tanta coisa no mercado, tanta variedade e informação que é importante perceber se é mesmo necessário ou se é dispensável! 
Acreditem em mim, compramos coisas que depois nem precisamos!



Imagem Google.